Pular para o conteúdo
Início » Inteligência artificial no Futebol; Confira agora as novas implementações

Inteligência artificial no Futebol; Confira agora as novas implementações

    O futebol tem sido influenciado pela tecnologia de várias maneiras ao longo dos anos, especialmente para melhorar a precisão das decisões, o treinamento dos jogadores e a experiência do público. Algumas das formas mais notáveis de integração da tecnologia no futebol incluem. A inovação partiu da empresa de tecnologia Mantis, que tem como propósito, como retrata em seu site: ”investimento em tecnologia da informação, oferecendo soluções inteligentes e personalizadas que contribuem para a produtividade, segurança e a redução de custos de empresas em todo o Brasil”.

    A dinâmica dos esportes ao vivo exige muito das equipes de TV que os transmitem. Afinal, não basta exibir e comentar. Os espectadores esperam por uma seleção dos melhores momentos de uma partida, anúncios relacionados e a possibilidade de interação com conteúdos em tempo real pelas redes sociais.

    Foi pensando nisso que a Mantis, antiga iSportistics, criou uma inteligência artificial que monitora jogos ao vivo e que entrega uma série de recursos para as transmissões. Contudo, a empresa brasileira com sede em Londres percebeu que dava para ir além. Com o aprimoramento da inteligência artificial (IA) que desenvolveu, ela agora propõe um modelo end-to-end para a indústria do entretenimento.

    De acordo com Vini Golmie, fundador da Mantis, agora a plataforma não apenas automatiza processos de produção, mas também cria conteúdos novos a partir de material existente, com o objetivo de aumentar o engajamento da audiência e gerar receitas escaláveis para publishers e marcas patrocinadoras de programas ao vivo. Os serviços oferecidos incluem verificação de anúncios, automação de produção de vídeos, análise de insights de conteúdo, monitoramento de vídeo em tempo real, gerenciamento de ativos de mídia e análise de contexto de vídeo.

    Segundo Golmie, a plataforma foi reconhecida por grandes nomes do setor, incluindo EY, Havas e Warner Bros Discovery, colocando a Mantis em uma posição de liderança tecnológica. Quando aplicada no futebol, a ferramenta de IA tornou possível diminuir o tempo para detecção de jogadores em tela em 99,8%, aumentar o número de imagens registradas por semana de 500 para 10 mil, e ganhar 35% em precisão de reconhecimento de movimentação nos vídeos. Para o resto do setor de entretenimento, a inovação da Mantis agora tenta provar que dá jogo.

    Além de toda tecnologia supracitada, a tecnologia continua a evoluir e desempenhar um papel significativo no futebol, influenciando tanto o aspecto prático do jogo quanto a experiência global dos jogadores e dos torcedores. Desde então, é analisada a possibilidade de melhoria nos pontos descritos abaixo:

    Sistema de vídeo para arbitragem (VAR): Introduzido para auxiliar os árbitros nas decisões durante as partidas, o VAR permite revisões de lances polêmicos, como gols, pênaltis, cartões vermelhos e confusões envolvendo a identidade dos jogadores. Essa tecnologia visa minimizar erros de arbitragem e garantir decisões mais precisas.

    Gadgets e sensores para análise de desempenho: jogadores e equipes utilizam uma variedade de sensores vestíveis e dispositivos tecnológicos para monitorar estatísticas físicas e técnicas. Isso inclui dispositivos para medir distâncias percorridas, velocidade, número de passes, precisão dos chutes, entre outros dados. Essas informações são usadas para otimizar o treinamento e o desempenho dos atletas.

    Grafismo e realidade aumentada em transmissões: Durante as transmissões televisivas, a tecnologia é usada para fornecer gráficos interativos, estatísticas em tempo real e replays aprimorados. Isso melhora a experiência dos espectadores, permitindo uma análise mais detalhada das partidas.

    Treinamento virtual e análise tática: Os treinadores utilizam softwares de análise tática, simulações por computador e realidade virtual para desenvolver estratégias, estudar o desempenho dos jogadores e simular situações de jogo para o treinamento.

    Tecnologias de estádios inteligentes: Estádios modernos têm adotado tecnologias para oferecer uma experiência mais interativa aos torcedores, incluindo sistemas de iluminação, telões, aplicativos móveis para acesso a informações em tempo real, assentos inteligentes e serviços de Wi-Fi de alta velocidade.